sábado, 23 de janeiro de 2010

Morro de São Paulo - Bahia JAN/2010

Bueno, uma coisa que realmente gosto é viajar...conheço poucos que não gostam.
Mas temos que passei alguns dias das minhas férias deste ano, em Salvador e Morro de São Paulo na Bahia, eu e a Júlia.
Minha imagem mental de Salvador era algo bem confuso, cheia de pontos pró e contras.

Pró:
- Raul Seixas
- Novos Baianos
- Bahia e Vitória
- Praias

Contra:
- Axé
- Carnaval
- Pagode

mas também nunca tive uma visão mais aprofundada.

Partimos no dia 12/jan sem estadia reservada em Salvador, o que foi um erro que acabou sendo um acerto, chegando lá fomos nos SAT (Serviço de Atendimento ao Turista) e ligamos para uma porrada de hotéis todos lotados, acabamos conseguindo o último quartinho de uma pousada no Farol da Barra...o banheiro não tinha porta, e sim uma portinhola pra se ter idéia. Mas ok, estadia garantida tínhamos que tratar de ir pra lá, após uma espera de quase 40 minutos por um ônibus que não sei se chegou ainda naquela noite, investi numa conversa com um outro casal que estava na parada, e que por sorte também ia pra barra, rachamos o táxi!

Chegamos então tarde da noite..já eram umas 23h...na http://www.ambarpousada.com.br/site/
e vimos que era extremamente bem localizada, o que nos permitiu passear bastante a pé e até de ônibus por Salvador-BA, conhecendo:

Filial de famoso boteco de Porto alegre
Photobucket

Vista do Farol da Barra desde o Monte do Cristo
Photobucket

Lá do alto da entrada do Elevador Lacerda dá pra ver essa beleza de imagem
Photobucket

Acarajé na frente do Mercado Modelo (confesso que não curti esse rango e que o Mercado Público de Porto Alegre dá de 10 x 0)
Photobucket

Batucada no Pelourinho
Photobucket

Igreja no fundo com toneladas de Ouro de Sangue, me recusei a entrar...rarará...quantos morrem pra encher aquilo de ouro... aposto que Deus achou feia por dentro e bonita por fora, como nós! (não, a Kibon ñ me pagou pra aparecer na foto..mas vai fazer turismo hoje em dia...haja photoshop pra tirar as logos...)
Photobucket

Barzinho na noite Soteropolitana, grande momento abaixo o caranguejo, meu signo, me atacando...lógico que dei o troco, e a Júlia com sua amiga da cidade, que nos proporcionou um passeio noturno ao som de Raul Seixas em sua terra natal, dale!
Photobucket
Photobucket

Passadas duas noites, e um agradável dia em Salvador, partimos para nosso real destino, o tal do famoso MORRO DE SÃO PAULO...um daqueles lugares do planeta que se destacam pela beleza natural. A viagem ida de catamarã, deixando a capital baiana pra trás foi bem agradável.
Photobucket

Muitos estrangeiros na embarcação, a curiosidade ficou por um grupo de jovens argentinos tocando no violão Media Veronica canção que curto demais, entre outras clássicas do rock hermano tão cotadas quanto.

Já na chegada de Morro deu pra ver que o lugar era diferenciado:
Photobucket

Na viagem ainda, um conterraneo me alertou para que na chegada da embarcação atentasse pra minhas malas pois o barco era invadido por carregadores. Dito e feito, fiquei com as malas em mãos o barco foi invadido, recusei a "ajuda", embora todos parecessem honestos, e cadastrados com camisas com seus nomes impressos, dois dias depois vimos duas meninas estrangeiras, fazendo queixa a polícia de roubo da bagagem por uma minoria de carregadores desonesta...brabo mas enfim, na sua maioria é um trabalho legal, pois quando se chega no porto há uma subida ingreme e fica realmente brabo de carregar as malas dependendo do peso.
Mas como tínhamos pouca coisa, subimos e logo estávamos na http://www.pousadaxerife.com.br/
muito boa. fica na Vila principal do Morro. Perto do Farol e do acesso ás praias principais, sendo elas Gamboa, primeira, segunda, terceira e quarta praia. As demais já ficavam distantes demais pra ir a pé sem preparo físico hehe. Resisti bravamente durante toda a viagem e não acessei a internet nem usei o celular.
Algumas fotos da vila e das praias com legenda:

Descendo na maior Tiroleza do Brasil, 74m de altura e 304m de comprimento, 10 segundos alucinantes que valem os 25 contos que gastei, mas fica a dica pra quem for, feche as pernas antes de aterrisar na agua...pois além do ricochete corres o risco de não ter mais filhos...
DSC02927

Vista pro mar do Café Passárgada (com 2 "s" mesmo)
DSC03001

Grafite na caixa d'água e na casa abandonada
DSC03003
DSC03005

A Quarta Praia vista de longe durante a maré baixa que...
DSC03133

...proporciona piscinas naturais pra mergulho como estas:
DSC03147
DSC03154
Photobucket

e aqui meu momento ternura com os peixes (reparem que eles me ignoram e atacam a comida que ofereci):


Eu e a Julinha com a maré já mais alta
DSC03206
e o momento de descanso apreciando a vista...grande momento...
DSC03185

aqui um dos meios de transportes mais utilizados na ilha
DSC03207

bom tudo sso muito maravilhoso, tô descansado, pronto pra voltar ao batente...mas teve a grande indiada da viagem...por todo Morro de São Paulo, a todo momento têm sempre gente oferecendo viagens e passeios de barco, como a para Gamboa, que não precisa ser paga, já que a praia pode ser acessada a pé com uma bela caminhada, saindo pelo porto na maré baixa. Enfim resolvemos fazer o passeio para Boipeba, que incluía mergulho nas piscinas da praia de Garapuá, uma parada em Cairú a terceira cidade mais velha do brasil, observação dos manguezais, da cidade de Canasvieiras e uma parada para comer Ostras. Devido a falta de sensibilidade da empresa que nos levou para o passeio, o mesmo não foi cancelado, compramos a passagem com um dia de antecedência e no dia seguinte o tempo virou, logo que entramos em alto-mar onde tomamos um verdadeiro susto numa lancha descoberta debaixo e uma tempestade que não permitia deixar os olhos abertos...uma mãe os filhos abandonou a viagem na primeira parada, arcando com os custos de volta por terra, pois a promessa dos baianos era de que logo as nuvens iriam embora e o tempo voltaria ao normal, o que não aconteceu, frustou nosso passeio, e não nos permitiu nem tirar fotos tamanha era a chuva...ponto baixo também para a parada no restaurante-ilha no meio do Rio do Inferno, próximo a Cairú, que mantinha em cativeiro para exibir aos turistas um peixe de quase 2 metros num quadrado de 2,5m há 4 anos, nessa tal parada ainda tinham a cara de pau de mostrar uma placa dizendo "Gostou do que viu? Então faça sua contribuição", que absurdo..mas se sexiste é pq têm gente que paga...nossa turma mal desceu da lancha e voltou enojada com a maldade...vá lá os animais estivessem ali pra servir de comida mas nem isso, coitados... ficaram poucos registros de um dia pra esquecer em termos de desperdício e sustos...mas valeu a aventura e a reclamação no dia seguinte que nos permitiu reaver o dinheiro da viagem...que foi investido em uma relaxante massagem e em um jantar num dos melhores restaurantes do Morro.

Na lancha quando não sabíamos exatamente o que nos esperava...
DSC02957

...e quando num ato de "extrema sensibilidade" recebemos capas de chuva...de cortesia...
DSC02972

No mergulho...que devido a chuva estava com a água turva não nos permitindo ver muita coisa...valeu mais pela diversão e parceria...
DSC02960

Mas pra ficar na boa, já que a viagem foi maravilhosa, deixo mais algumas fotos e a recomendação de que quem puder faça essa viagem e desfrute das belezas naturais, sucos, caipiroskas e tudo mais que o Morro oferece...

Lagosta na Praia da Gamboa
Photobucket

Tomando uma cervejinha na Segunda Praia de noitinha
Photobucket

Mais uma de paisagem no entardecer
Photobucket

No alto do Morro lá no Farol
Photobucket

A pinta é de terrorista, na vila próximo a primeira praia
Photobucket

E aqui uma vista de onde me lancei na Tiroleza..lá embaixo avista-se a primeira, segunda e terceira praias
Photobucket

Saudades já.

4 comentários:

Anônimo disse...

Adorei os comentários sobre Morro de São Paulo! Eu e meu namorado vamos lá em fevereiro!!! Vamos passar dois ou três dias. Devido ao pouco tempo que vamos permanecer lá, preciso de muitas informações para não ter surpresas.... Valeu! Ursula

Boipeba disse...

Adoro Itacaré, mas conheci uma ilha na Bahia chamada Boipeba, vale a pena visitar a Boipeba. Boipeba está ao sul de Salvador, Boipeba tem 20 km de prais semi-desertas, o lema em Boipeba é andar descalço...

Pousadas em Salvador disse...

Devem ter ficados ainda mais apaixonados no morro!!! Parabens, lindas fotos.

Boipeba disse...

Vivo aqui em Boipeba,faz cinco anos.